Bento Gonçalves

     
 

 

 
   
     

     
 

História:

Bento Gonçalves é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Sua área é de pouco mais de 382 km² e sua população supera os cem mil habitantes.

Antes de 1870, a área conhecida como Cruzinha, era habitada por índios. Em 1875, com a chegada dos primeiros imigrantes italianos, dentro os quais agricultores, ferreiros, sapateiros, marceneiros, alfaiates, carpinteiros, foi estabelecida a colônia de Dona Isabel, em homenagem à princesa brasileira Isabel de Bragança. Em 1890, a colônia desmembrada do município de Montenegro com o nome de Bento Gonçalves em homenagem ao herói farroupilha, Bento Gonçalves da Silva.

Os colonos encontraram nesta região um clima favorável, semelhante ao europeu, para estabelecer a cultura da videira, que ainda é a predominante na região, no chamado Vale dos Vinhedos.

No início do século XX a rede ferroviária chegou à região, facilitando o escoamento da produção de vinho, proporcionando uma base econômica sólida para o local.

Em 1967, Bento Gonçalves passa por uma grande transformação, por marco histórico. Com a colaboração de fortes lideranças e a ajuda de toda a comunidade, surge a I FENAVINHO. O município foi visitado pela primeira vez por um Presidente da República e o seu principal produto, a força de sua economia é divulgada em todo o Brasil, tornando a cidade conhecida nacional e internacionalmente descobrindo sua vocação para o turismo de negócios e começando a sediar eventos de grande porte

Seu parque de exposições, atualmente, é o segundo da América Latina com 53.700 m² de área coberta e climatizada e com 322.567m² de área total. Bento Gonçalves é sede de eventos como Movelsul, FIMMA Brasil, Vino Brasil, Avaliação Nacional de Vinhos, Fenavinho e Expobento.

Geografia:

           Município da serra Gaúcha, conhecido como a capital brasileira da uva e do vinho, Bento Gonçalves destaca - se pelos parreirais espalhados por suas terras. É uma das cidades mais industrializadas do estado, e investe no turismo cultural.

Cercado por vales com clima europeu, onde são comuns geadas e nevascas, é conciderado a Piccola Itália, guardando as tradições de seus colonizadores.

A cidade tem além de sua sede, cinco distritos: Pinto Bandeira, São Pedro, Tuiuty, Faria Lemos e Vale dos Vinhedos.

A cidade está localizada na Encosta Superior do Nordeste do Rio Grande do Sul, a 690 metros de altitude, e é distante de Porto Alegre 120km.

Clima:

O clima da cidade é classificado como subtropical de altitude, e suas temperaturas variam entre -4ºC e 36ºC, com uma precipitação pluviométrica média anual de 1.500mm.

No inverno, as geadas são muito comuns, e algumas vezes, as nevascas, que torna ainda mais romantico e interessante os passeios na cidade, acompanhado por um belo vinho, típico da região.

Atrativos:

Caminhos de Pedra

 Um dos primeiros núcleos da imigração italiana no Estado e uma das maiores atrações turísticas de toda a região.  As construções de pedra retratam com fidelidade a história de mais de um século da imigração.  Em muitas dessas casas antigas ainda se encontram descendentes diretos dos imigrantes. São "noninhos" de 70, 80 e até 90 anos de idade, que tropeçam no português para contar a história dos antepassados.  Moinho, cantina colonial, ferraria, casa de massas caseiras e teares. Casas de pedra centenárias, espaçosos porões, casas de madeira de até tres pisos, além de capelas e capitéis.

Ponte do Rio das Antas

 Situada no Vale do Rio das Antas, entre Bento Gonçalves e Veranópolis,  num local de belíssima paisagem. É a maior do mundo em arcos paralelos. No local, encontram-se lancherias, tendas de produtos coloniais e artesanato.

Museu Histórico Casa do Imigrante

O prédio foi tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, restaurado e reinaugurado em 1988. Conta hoje com sala de vídeo, sala de exposição temporária e mantém um acervo de mais de 1300 peças e 3.000 fotos sobre a imigração italiana.

Vale dos vinhedos

Situado num vale mágico entre as divisas de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul. O vale possui 81,123 Km2, tem a forma de um triângulo isósceles e abrange áreas de três municípios, sendo que a maior parte do Vale dos Vinhedos está em Bento Gonçalves.

A integração dos produtores locais fez do roteiro um referencial em seis anos. A visitação turística anual chega a 60 mil pessoas e só tende a crescer.

Privilegiada pelo clima temperado, de invernos rigorosos e excepcionais períodos de sol no verão, o Vale dos vinhedos transformou-se, com o trabalho e dedicação de seus colonizadores, em uma das melhores regiões produtoras de vinho do Brasil.

Quem visita essa simpática região sente que os costumes e as tradições italianas continuam enraizados, passados de geração a geração, com famílias inteiras trabalhando em suas pequenas cantinas na elaboração de vinhos da mais alta qualidade.

A excelência dos vinhos que levam a marca Vale dos Vinhedos é reconhecida mundialmente. As técnicas empregadas na produção, o clima e a nobreza das castas garantem um produto de excelente qualidade, que já conquistou importantes prêmios nacionais e internacionais, principalmente em países da Europa.

Pipa-pórtico

Monumento de entrada da cidade, tem 17,35m de altura, e representa uma pipa, condizendo com o apelido da cidade, "A capital brasileira do vinho".

Via Del Vino

 

Localizada no centro da cidade, é palco de muitas festas. Na via está localizada a “La Fontana”, um chafariz que jorra água da cor do vinho.

Palácio Municipal

Inaugurado em 20 de setembro de 1902, possui um estilo arquitetônico neoclássico. Nele funcionou a Escola Elementar General Bento Gonçalves da Silva, na qual o ex-presidente da República Ernesto Geisel estudou.

Maria Fumaça

Passeio de trem entre Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa, num trecho de 23km, com música e comida típica da região.

Fenavinho

É a Festa Nacional do Vinho. Evento que conta com música, shows, comida típica e muito vinho.

Infra-estrutura:

Bento Gonçalves oferece cantinas de vinhos rudimentares, adegas de vinhos familiares e vinícolas de grande porte, além da arquitetura centenária, vegetação de plátanos, araucárias e belos parreirais.

O município tem cerca de 100 mil habitantes e possui toda a infra-estrutura necessária para que os visitantes possam desfrutar do trabalho, gastronomia, lazer, costumes e tradições com muita hospitalidade.




Para saber mais, procure a Agência-Escola.
 
     


 
  Home    Apresentação    Pacotes    Sugestões de Destino    Contato                   Copyright @ 2008 - Todos os direitos reservados