São Luís

     
 

 

 
   
     

     
 

História:

No local da cidade habitavam nativos de uma aldeia tupinambá até a chegada de franceses em 1612, vindos das cidades francesas de Cancale e Saint-Mailo comandados por Daniel de La Touche Senhor de La Ravardière, que construíram um forte e o nomearam São Luís, em homenagem prestada a Luís IX patrono da França, e ao rei francês da época Luís XIII. Os franceses se aliaram aos tupinambás na resistência aos portugueses e, 3 anos depois, em novembro de 1615, foram expulsos, sob o comando de Jerônimo de Albuquerque, que se tornou o primeiro capitão-mor do Maranhão. A curta estadia francesa e eles não terem construído uma cidade (construíram um forte) traz discussões sobre a fundação de São Luís, se foi feita pelos portugueses ou pelos franceses.

São Luís também esteve sob o controle holandês no período de 1641 a 1644. Somente depois desses ataques o governo colonial decidiu fundar o estado do Grão-Pará e Maranhão, independente do resto do país. Nessa época, a economia era baseada na plantação, e depois exportação, de cana-de-açúcar, cacau e tabaco. Conflitos entre as elites por motivos econômicos levariam à Revolta de Beckman.

Pelos idos de 1860, com o início da Guerra Civil Americana, a região passou a fornecer algodão para a Inglaterra. A riqueza proporcionada por essa atividade foi usada para modernizar a cidade, com a chegada de religiosos para lecionar nas suas escolas e a implantação de redes de água e saneamento. A cidade chegou a ser a terceira do país em população, mas no fim do século XIX a agricultura entra em decadência e, desde então, a cidade busca outras atividades para manter-se.

CULTURA

Na cultura local, São Luís tem manifestações muito fortes como o bumba-meu-boi, festa de tradição afro-indígena que aflora na cidade nas festas do mês de junho. Além disso, possui o "Tambor de Crioula", o "Cacuriá", o "Tambor de Mina" (religião afro-brasileira, que tem na Casa Grande das Minas Jeje - fundada em meados do século XIX - seu mais importante terreiro, ou Querebetan). Estas manifestações acontecem no período das festas juninas.

No carnaval, a tradição de São Luís é um forte carnaval de rua. Onde os blocos populares se misturam aos brincantes e às bandinhas tradicionais.

A Festa do Divino chegou ao Brasil no século XVI e há indícios de que, no Maranhão, ela tenha chegado com os açorianos entre 1615 e 1625. É uma das manifestações folclóricas mais ricas do estado. As mais famosas são as que acontecem no eixo São Luís - Alcântara. Apesar da origem comum e pequena distância entre as duas cidades, há algumas diferenças entre suas comemorações.

O evento não acontece na data tradicional e não há uma só festa na cidade. Cada comunidade faz a sua celebração em terreiros de mina diferentes. A Festa do Divino em São Luís está associada não só ao Espírito Santo, mas também a outros santos católicos e de casas de culto afro-maranhenses.

PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE
 
Em 1997 a Unesco concedeu à cidade o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Reconheceu a beleza e importância de um dos maiores conjuntos de arquitetura civil de origem européia no mundo.

São três mil e quinhentas construções ocupando uma área de 250 hectares ! Este acervo arquitetônico já havia sido tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1955.

O plano de recuperação do centro histórico começou a ser executado na década de 70, quando foi construída uma barragem sobre o rio Bacanga e uma ponte sobre o rio Anil. Tais construções permitiram que a cidade se expandisse para o outro lado e evitaram a descaracterização das construções antigas. Em 1979 foi inaugurado o anel rodoviário, que desviou o trânsito que passava nas ruas estreitas do centro.

A restauração do casario começou pela Praia Grande, no início da década de 80, com a Praça do Comércio, Mercado Coberto, Albergue e Beco da Prensa. Em 1987, após alguns anos parado, o programa é retomado, com o nome de Projeto Reviver. Vinte e cinco milhões de dolares são investidos para restaurar cerca de 200 construções na Praia Grande como parte do Projeto Reviver. Postes de eletricidade foram substituídos por similares de ferro à moda antiga e praças, jardins e calçadas foram reformadas. Hoje, o projeto Reviver é ponto de visita obrigatória para quem chega a São Luís.

Geografia:

Nas coordenadas geográficas latitude S 2º31´ longitude W 44º16, São Luís ocupa uma área de 827,141 km² da ilha, com uma população de 957.515 mil habitantes e densidade de 1.157,6 hab./km², sendo a maior cidade do estado.

Limita-se com os municípios de Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Raposa e com o oceano Atlântico.

Clima:

Tropical, quente e semi-úmido da Zona Equatorial. São Luís tem duas estações distintas: o verão, de julho a dezembro, e o inverno, de janeiro a junho. O verão é quente e seco com ventos frescos e o inverno é chuvoso.

Média pluviométrica: 1953 mm

Temperaturas entre 23º e 33º

Atrativos:

Teatro Arthur Azevedo
 
Segundo mais antigo do Brasil, foi fundado com o nome de Teatro da União por dois comerciantes portugueses em 1817. No projeto original, o teatro se estenderia até o Largo do Carmo, mas acabou reduzido por um veto da Igreja. Baseado no chamado teatro de platéia italiano, em formato ferradura, apenas em 1922 ganhou o nome atual. Funcionou como cinema entre 1940 e 1966 e, abandonado, acabou em ruínas.
  
Palácio dos Leões
 
Aqui foi erguida pelos franceses uma fortificação em homenagem ao rei Luis XIII em 1612. A estrutura do atual prédio foi construída no final do sec. XVIII e passou por inúmeras reformas, até assumir o estilo neoclássico. Hoje é a sede do Governo do Estado.
 
Museu de Artes Visuais
 
Seu acervo é composto por azulejos coloniais, murais, fotografias e obras de artistas maranhenses. Um de seus destaques é a coleção de gravuras do escritor Arthur Azevedo.
 
Igreja e Convento Nossa Senhora do Carmo
 
Serviu de abrigo para portugueses durante a expulsão dos holandeses, em 1643. Pertencia à ordem dos carmelitas e depois passou para o controle dos capuchinhos. Sua escadaria é em pedra de cantaria.
 
Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho
 
Sediado num sobrado colonial de 3 pavimentos, mantém um grande acervo com peças das diversas manifestações culturais (bumba-meu-boi, tambor de crioula, carnaval, dança do coco etc) e religiosas (tambor de mina, Festa do Divino etc) do estado. Além disto, possui objetos da cultura indígena e artesanatos.
 
Museu Histórico e Artístico do Maranhão
 
Funcionando no Solar Gomes de Souza, o museu foi inaugurado em 1973 e se destaca pela reconstituição da decoração típica dos sobrados do séc. XIX com móveis, objetos e obras de arte.
 
Fonte das Pedras
 
Serviu de base para a tropa de Jerônimo de Albuquerque durante a expulsão dos fundadores franceses em 1615. É cercada de árvores e bancos.
 
Solar São Luís
 
Considerado o maior prédio em azulejos da país (tem três pavimentos), foi construído na segunda metade do século XIX. Teve seu interior destruído por um incêndio e ficou abandonado até ser adquirido e restaurado pela Caixa Econômica Federal, que nele instalou um agência.
 
Museu de Arte Sacra
 
Anexo ao Museu Histórico, funciona no Solar do Barão de Grajaú. Seu acervo, que pertence em parte à Arquidiocese de São Luís, é composto por peças dos séc. XVIII e XIX nos estilos mareirista, rococó, barroco e neoclássico.

Infra-estrutura:

INFORMAÇÕES TURÍSTICAS

Central de Serviços Turísticos
Praça Benedito Leite, s/n (Palácio do Comércio)
Tel: 3212-6211
  
Secretaria Municipal de Turismo 
R. da Palma, 53 - Centro
Tel: 98 33212-6215 / 3212-6208

Secretaria Estadual de Turismo
R. Portugal, 165 - Centro
Tel: 98 3231-4696
  
Aeroporto Marechal Cunha Machado
Tels: 3244-4500 / 3227-8484

TRANSPORTE

Aeroporto Marechal Cunha Machado

Av. dos Libaneses, s/n - Tirirical
Tel: 3217-6101

Rodoviária

Av. dos Franceses , s/n - Santo Antônio
Tel: 3249-2488

Radiotáxi

Coopertáxi - 3245-4404
Rodotáxi - 3243-4242

Banco

Real, Banco da Amazônia, Banco do Brasil, BNB, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Rural, Sudameris, Unibanco e 24 Horas



Para saber mais, procure a Agência-Escola.
 
     


 
  Home    Apresentação    Pacotes    Sugestões de Destino    Contato                   Copyright @ 2008 - Todos os direitos reservados