Havana

     
 

 

 
   
     

     
 

História:

A capital e maior cidade de Cuba, dona de uma rica tradição histórica e cultural.  Uma das mais antigas cidades da América, foi fundada em 1515 por Diego Velázquez de Cuéllar, tornando-se a capital da Espanha em Cuba em 1552.                    

Durante o século XVI sofreu vários ataques de piratas e corsários franceses, sendo destruída diversas vezes, o que levou a construção de seus muros. 

Seu centro histórico, chamado carinhosamente de Old Havana, juntamente com suas fortificações, estão sob a proteção da UNESCO.

Desde a revolução de 1959 a cidade parece parada no tempo, o que completa o seu charme. Desde o embarco dos Estados Unidos, a cidade deixou de receber milhares de turistas americanos, mas o turismo continua sendo a principal fonte de recursos do país, através de viajantes canadenses e europeus.

 

 

Geografia:

Cuba é a maior ilha das Antilhas, situada ao Sul da Flórida (EUA) e a Leste da península de Yucatã (México).

A república é formada por várias pequenas ilhas adjacentes, mas apenas as de Cuba e de Pinos têm condições de abrigar populações residentes permanentes. Possui localização estratégica por estar na entrada do Golfo do México e por ter as costas voltadas para o Mar do Caribe e oceano Atlântico.

Grande parte da superfície é plana, com altitude inferior a 100m acima do nível do mar. Possui apenas três cadeias de montanhas - as serras dos Órganos, de Guaniguanico e do Rosário. Uma das características naturais do território é o grande número de crateras, formadas de rochas calcárias, perto de Havana. O clima é tropical.

Clima:

A temperatura média em Havana é de 23ºC. No verão, entre março e outubro, sobe para 30ºC.

 

 

Atrativos:

Museo de la Revolución, instalado em um palácio, conta a história das revoluções da ilha. É um prato cheio para quem quer conhecer a história política de Cuba.

Capitólio, com sua cúpula de 92 metros, é uma cópia livre do Capitólio de Washington.

Calle Obispo, rua que leva ao coração de Havana Vieja, a Plaza de Armas.

O famoso La Bodeguita Del Medio é parada obrigatória em nome de seu aprovadíssimo mojito.

Plaza de la Revolución, com o memorial José Martí, uma torre com 140 metros de altura. Ali, um museu conta a trajetória do responsável pela independência de Cuba.

Varadero, a cerca de duas horas de carro da Havana, vale muito a pena. São 12 quilômetros de praia com 40 hotéis.

Roteiro Hemingway - Além do La Bodeguita del Medio, o restaurante El Floridita era um dos pontos preferidos do escritor norte-americano Ernest Hemingway (1899-1961) em Havana. As frases "Meu mojito em La Bodeguita. Meu daiquiri em El Floridita" estão em um quadro, assinado pelo escritor, no simples e aconchegante Bodeguita. No luxuoso El Floridita, uma estátua de Hemingway apóia o cotovelo de bronze no canto do balcão, onde ele costumava ficar enquanto tomava seu daiquiri.

Onipresente em toda a ilha como Che Guevara, Hemingway é referência de outros destinos turísticos em Havana. A casa onde ele morou, em São Francisco de Paula, a 12 quilômetros da capital, virou o museu mais visitado de Cuba, embora seja proibido o acesso. Os visitantes espiam, pelas janelas, os móveis e os objetos pessoais. A restrição previne a deterioração dos objetos.
No museu, está o barco de pesca do autor de O Velho e o Mar. Ele rendeu o Prêmio Pulitzer a Hemingway. Entre 1932 e 1939, antes de morar em São Francisco de Paula, ele viveu em um quarto no quinto andar do hotel Ambos Mundos, em Havana Velha, onde escreveu o livro Por quem os Sinos Dobram. Também transformado em museu, esse quarto abriga roupas, fotografias, espelho, cama, máquina de escrever e algumas anotações de Hemingway, além de uma réplica de seu barco.

 

 

Infra-estrutura:

Meliá Cohiba - Av. Paseo entre 1ª e 3ª Vedado. Tel: (53) 7 833-3636 - Fax: (53) 7 8344555 - E-mail: melia.cohiba@solmelia.com - Diárias a partir de 111,00 euros para reservas feitas pelo site. Localizado no centro de Havana, fica a seis quilômetros de Havana Velha e a dois da praça da Revolução.

Hotel Nacional - Calle 21 e O, Vedado, Plaza. Tel: (53) 7-836-3564, www.hotelnacionaldecuba.com. Fica a 20 quilômetros do aeroporto e oito de Havana Velha.

Hotel Santa Isabel - Calle Baratillo, 9, entre Obispo e Narciso Lopez, Plaza de Armas. Tel: (53) 7-860-8201, www.lahabana.com). Fica a 25 quilômetros do aeroporto. Diárias a partir de 103,00 euros.

Hotel Ambos Mundos - Calle Obispo, 153, Havana Velha. Tel: (53) 7- 60-9530. O escritor Ernest Hemingway morou lá e seu quarto foi transformado em museu, que pode ser visitado.

Onde comer:

La Cocina de Liliam - Calle 48, 1311, Miramar. Tel: (53) 7-209-6514.

La Guarida - Calle Concordia, 14, Centro Habana. Tel: (53) 7-863-7351, www.laguarida.com. O restaurante fica num prédio que foi cenário do filme Morango e Chocolate.

Restaurante Hanói - Esquina da rua Brasil com a rua Bernaza. Tel: (53) 57-1029, um dos mais populares de Havana Velha, que serve pratos típicos

 

Fonte: Terra, Você S/A On line, Jornal Zero Hora

 

 




Para saber mais, procure a Agência-Escola.
 
     


 
  Home    Apresentação    Pacotes    Sugestões de Destino    Contato                   Copyright @ 2008 - Todos os direitos reservados