Da Grande Saúde. A Transvaloração Nietzschiana do Conceito de Saúde | Estudos Nietzsche
Número Atual
Sobre a Revista
Corpo Editorial
Números Disponíveis
Busca
Índice
Submissão de Artigos
Avisar por e-mail
Instruções para autores

Licenciado sob uma
Licença Creative Commons

Patrocínio

 

Da Grande Saúde. A Transvaloração Nietzschiana do Conceito de Saúde | Da Grande Saúde. A Transvaloração Nietzschiana do Conceito de Saúde | Estudos Nietzsche

v. 5 n. 2 Jul./Dez. 2014 

DOI: 10.7213/estudosnietzsche.05.002.AO03
 
  Da Grande Saúde. A Transvaloração Nietzschiana do Conceito de Saúde

On the Great Health. Nietzsche’s Transvaluation of the Concept of Health

 Marta Faustino 1
 
Resumo

Saúde e doença são categorias fundamentais no pensamento de Nietzsche. Elas premeiam toda a sua obra e intermedeiam muitas das suas teses principais. Mais que isso, aquilo a que Nietzsche chamou “grande saúde” parece desempenhar um papel decisivo na sua tarefa de superação do niilismo e reabilitação da cultura ocidental. O presente artigo pretende elucidar a noção nietzschiana de “grande saúde” a partir de uma análise conceptual daquilo a que chamamos a transvaloração nietzschiana do conceito de saúde. Analisaremos a noção nietzschiana no contraste com a definição oficial de saúde, operante não só na medicina, mas também em outras práticas terapêuticas, como as filosófico-morais da Antiguidade ou as religiosas, como o cristianismo. Sendo manifesta a prevalência e relevância do conceito no pensamento de Nietzsche, procuraremos ainda determinar o seu critério para a aferição de saúde ou doença na ausência de uma definição universal alternativa. Por último, avaliaremos o conteúdo conceptual específico da noção de “grande saúde”, no contraste e/ ou continuidade com a sua concepção de saúde.

Palavras-chave : Saúde. Doença. Niilismo. Grande Saúde.
 
Abstract

Health and sickness are fundamental categories in Nietzsche’s thought. They pervade his whole work and intermediate many of his most important thesis. Moreover, what Nietzsche called “great health” seems to play a decisive role in his task of overcoming nihilism and rehabilitating Western culture. The present article aims to elucidate Nietzsche’s notion of “great health” through a conceptual analysis of what we call Nietzsche’s transvaluation of the concept of health. We shall compare and contrast Nietzsche’s own conception with the official definition of health, which is at work not only in medicine but also in other therapeutic practices, such as the moral-philosophical ones in Antiquity, or the religious ones, like Christianity. Given the evident relevance and prevalence of the concept in Nietzsche’s thought, we shall also try to determine his criterion for the assessment of health or sickness in the absence of an alternative universal definition. Finally, we shall evaluate the specific conceptual content of the notion of “great health” in the contrast and/ or continuity with his conception of health.

Keywords : Health. Sickness. Nihilism. Great Health.

 

1 Instituto de Filosofia da Nova (IFILNOVA/FCSH), Lisboa, Portugal, e-mail: msffaustino@gmail.com


Recebido em 22/02/2015; Aceito em 25/04/2015.
Received in ; Accepted in .
[pdf]

 

OAI-ID: oai:estudosnietzsche.pucpr.br:article/15306
link: http://www2.pucpr.br/reol/index.php/ESTUDOSNIETZSCHE?dd1=15306&dd99=view