BREVE HISTÓRICO DA PSICOLOGIA ESCOLAR NO BRASIL | Psicol. Argum.
Número Atual
Sobre a Revista
Corpo Editorial
Números Disponíveis
Busca
Índice
Submissão de Artigos
Avisar por e-mail
Instruções para autores

Licenciado sob uma
Licença Creative Commons


 

BREVE HISTÓRICO DA PSICOLOGIA ESCOLAR NO BRASIL | BREVE HISTÓRICO DA PSICOLOGIA ESCOLAR NO BRASIL | Psicol. Argum.

v. 23 n. 42 Jul./Set. 2005 

  BREVE HISTÓRICO DA PSICOLOGIA ESCOLAR NO BRASIL

Brief History Of School Psychology In Brazil

 Aline Ottoni Moura Nunes de Lima
 
Resumo

Este artigo foi elaborado a partir de uma revisão bibliográfica sobre o tema e enfoca as tendências da relação psicologia e educação ao longo da história, a partir de uma perspectiva sócio-crítica. Pretende contribuir na reflexão sobre as possibilidades de atuação em psicologia educação escolar sinalizando para o fato de que as construções científicas em psicologia repercutem nas práticas pedagógicas. Por uma questão didática dividimos nosso texto em reflexões sobre quatro modelos de atendimento psicológico em contextos educativos escolares. Partimos de um modelo de atendimento psicométrico, analisando o pano de fundo social sobre o qual ele foi construído, seus objetivos ideológicos, a repercussão da teoria no mundo e na educação. em seguida apresentamos os modelos clínico e preventivo construídos sob a influência da psicanálise que, apesar de mudar a visão sobre a origem das diferenças atuais, não provocaram mudanças significativas na visão sobre as dificuldades educacionais e por sua vez no contexto concreto da escola. Para finalizar apontamos algumas características de um fazer psicológico escolar crítico, que tem como objetivo realizar, juntamente com os atores que compõe o cenário pedagógico e da escola, mudanças que gerem a possibilidade de que a escola cumpra seu papel social de possibilitar a todos que por ela passarem a apreensão dos saberes construídos pela humanidade ao longo tempo.

Palavras-chave : Psicologia Educacional. História. Tendências
 
Abstract

This article originated from a bibliographical revision and focuses on the trends in school psychology throughout history, from a social perspective. It intends to contribute on the reflection about the possibilities of performance in the field of school education psychology, noting the fact that the scientific knowledge in psychology resound in the pedagogical practices. For a matter of didactics, the text is divided in reflections about four models of psychological care in school environments. The research started from a model of psychometric care, analyzing the social background it was built upon, its ideological goals and the repercussion of the theory in the world and in education. Then, clinical and preventive models built under the influence of psychoanalysis were presented and, although they alter the point of view on the origin of individual differences, they did not cause significant changes in the perspective about educational difficulties nor in the solid context of school. In the end, the author points out some characteristics of a conscious school-based psychological work, which has the goal of making, along with the members of the school scenario, changes that generate the possibility for the school to fulfill its social role of making possible for all the students to apprehend the knowledge gathered by mankind throughout time

Keywords : Psychology. Educational. History. Trends.

 


Recebido em 18/05/2005; Aceito em 23/05/2005.
Received in ; Accepted in .
[pdf]

 

OAI-ID: oai:pa.pucpr.br:article/173
link: http://www2.pucpr.br/reol/index.php/PA?dd1=173&dd99=view