CANELA SASSAFRAS (Ocotea Odorifera): BIOECOLOGY AND SUSTAINABLE USE- EVALUATION NUTRICIONAL OF THE SASSAFRAS - PRELIMINARY STUDY | Estud. Biol.
Número Atual
Sobre a Revista
Corpo Editorial
Números Disponíveis
Busca
Índice
Submissão de Artigos
Avisar por e-mail
Instruções para autores

Licenciado sob uma
Licença Creative Commons

CANELA SASSAFRAS (Ocotea Odorifera): BIOECOLOGY AND SUSTAINABLE USE- EVALUATION NUTRICIONAL OF THE SASSAFRAS - PRELIMINARY STUDY | CANELA SASSAFRAS (Ocotea Odorifera): BIOECOLOGY AND SUSTAINABLE USE- EVALUATION NUTRICIONAL OF THE SASSAFRAS - PRELIMINARY STUDY | Estud. Biol.

v. 28 n. 64 Jul./Set. 2006 

  CANELA SASSAFRAS (Ocotea Odorifera): BIOECOLOGY AND SUSTAINABLE USE- EVALUATION NUTRICIONAL OF THE SASSAFRAS - PRELIMINARY STUDY

Canela Sassafrás (Ocotea Odorifera): Bioecologia e uso sustentável - avaliação nutricional do Sassafrás - estudo preliminar

 Silvia Schmidlin Keil 1
Carlos Bruno Reissmann 2
Sylvio Péllico Netto 3
 
Abstract

The present work had for objective to evaluate the effect of the omission of nutrients (N, P, K, Ca, Mg, S, Zn, Cu and B) and animal organic fertilization, distributed in 11 treatments with 5 repetitions in house of vegetation and the field. The plants used in the experiment in vegetation house (55 plants) are of natural regeneration, deriving of Tijucas do Sul, Paraná, with 20 the 30 cm of height and transferred to vases with capacity for 10 kg soil. The substratum for the vases was removed of the proper forest and the field experiment was carried through in the Fazenda Experimental Gralha Azul, located in the municipal district of Fazenda Rio Grande (25037´ S, 49017´ W), with 55 (fifty and five) trees with average age between 15 and 20 years. Treatment that received fertilization organic had an increment in height 24.44% little superior to the witness, being also superior to the treatment that received complete fertilization. The biggest leaf number was also evidenced in the treatment with organic fertilization (T10) had 20.8% more leves that the witness whereas T1 (complete) and T6 (- Mg) had had both 25% of reduction in the leaf production. A homogeneity in the increment in height was observed enters the treatments in the winter and spring, except for the T7 treatment (omission of S). The percentile greater of safrol was gotten when of the omission of Zn and the minors when omitted P (match), K (potassium) and S (sulphur). The gotten results are preliminary and demonstrate the importance of the nutricional necessity of the vegetable, what it seems to affect the composition of the essential oil.

Keywords : Sassafras. Ocotea odorifera. Safrol. Essential oil.
 
Resumo

O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito da omissão de nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, Zn, Cu e B) e adubação orgânica com esterco animal, distribuído em 11 tratamentos com 5 repetições em casa de vegetação e no campo. As mudas utilizadas no experimento em casa de vegetação (55 plantas) são de regeneração natural, oriundas de Tijucas do Sul, Paraná, com 20 a 30 cm de altura e transferidas para vasos com capacidade para 10 kg de solo. O substrato para os vasos foi retirado da própria floresta e o experimento de campo foi realizado na Fazenda Experimental Gralha Azul, município de Fazenda Rio Grande (25037’S, 49017’W), com 55 (cinqüenta e cinco) árvores com idade média entre 15 e 20 anos. O tratamento que recebeu adubação orgânica teve um incremento em altura 24,44% superior à testemunha, sendo também pouco superior ao tratamento que recebeu fertilização completa. O maior número de folhas foi constatado também no tratamento com adubação orgânica (T10) e teve 20,8% mais folhas que o testemunho enquanto que T1 (completo) e T6 (- Mg) tiveram ambos 25% de redução na produção de folhas. Observou-se homogeneidade no incremento em altura entre os tratamentos no inverno e primavera, exceto para o tratamento T7 (omissão de S). O maior percentual de safrol foi obtido quando da omissão de Zn e os menores quando omitidos P (fósforo), K (potássio) e S (enxofre). Os resultados obtidos são preliminares e demonstram a importância da necessidade nutricional do vegetal, o que parece afetar a composição do óleo essencial.

Palavras-chave : Sassafrás. Ocotea odorifera. Safrol. Óleo essencial.

 

1 Eng.a Agrônoma, M. Sc. Ciência do Solo, Prof.a Curso de Biologia PUCPR. R.Imaculada Conceição 1155, Prado Velho - 80215-901. Curitiba, Paraná, Brasil. E-mail: silvia.keil@pucpr.br
2 Eng. Florestal, Dr. em Nutrição Florestal, UFPR, Departamento de Solos, Curitiba-PR.
3 Eng. Florestal, Dr. em Biometria e Inventário Florestal, PUCPR, São José dos Pinhais - PR.


Received in ; Accepted in .
Recebido em 05/01/2006; Aceito em 29/03/2006.
[pdf]

 

OAI-ID: oai:bs.pucpr.br:article/1137
link: http://www2.pucpr.br/reol/index.php/BS?dd1=1137&dd99=view