III Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades
article

III Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades, v.3, n.1, 2013.

ALTERAÇÕES NO MODELO DE SER PAI E MÃE


Juares Celso Krum 1
Mario Antonio Sanches 2

Ser pai e ser mãe é um processo em que mulheres e homens se dispõem a viver a parentalidade. Em nossos dias essa vivência é feita dentro de uma diversidade surgida das mudanças ocorridas na família com as suas várias configurações. A família nuclear ainda persiste, porém, dividindo espaço com novos modelos de família com um jeito diferenciado em ser pai e mãe. Apesar de ser difícil, pois os relacionamentos são efêmeros, é possível neste contexto, a presença de um projeto de parentalidade. Isso requer um aprofundamento sobre a visão e os objetivos que permeiam a variedade de modelos de família, por meio de pesquisa específica.


Palavras-chave: Família. Pai. Mãe. Parentalidade



1 Mestrando do Curso de Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná
2 Pós-doutorado em bioética (2011) pela Pontifícia Universidade de Comillas (Madrid), com bolsa CAPES / Fundação Carolina. Doutor em teologia. Professor titular e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Bioética da PUCPR.

Texto completo em PDF