III Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades
article

III Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades, v.3, n.1, 2013.

E A SAÚDE DO HOMEM, COMO VAI?


Camila S. T. da Cunha 1
Pedro H. de C. Schluga 2
Priscila Granemann 3
Thayzi A. C. de Souza 4
Ursula Virginia Coelho 5
Leide da Conceição Sanches 6

Os altos índices de mortalidade da população masculina relacionada com câncer de esôfago, estômago e pulmão, refletem a falta de cuidado dos homens com sua saúde. O objetivo do artigo é buscar elementos que alertem a população para a desatenção tanto dos homens quanto do Sistema Único de Saúde – SUS. Foram analisadas taxas de mortalidade decorrentes do câncer de pulmão, esôfago e estômago divulgados pelo Instituto Nacional de Câncer – INCA no período de 1990 a 2008, em que demonstra a alta divergência nos índices de óbito do homem comparando-o com o da mulher no Paraná. Os homens são mais suscetíveis em adquirirem doenças do que as mulheres. Devido ao número de mortes causadas pelo câncer na população masculina nos últimos anos, ficou clara a necessidade de continuar investindo em ações de combate e controle das neoplasias malignas. Porém, o sistema de saúde culpa a própria população masculina pelo fracasso no tratamento, ignorando que o problema é histórico. Apenas em agosto de 2009, o Ministério da Saúde institui no âmbito do SUS, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem.


Palavras-chave: Saúde do Homem. Câncer. Mortalidade.



1 Acadêmico do 5º período de Biomedicina das Faculdades Pequeno Príncipe.
2 Acadêmico do 5º período de Biomedicina das Faculdades Pequeno Príncipe
3 Acadêmico do 5º período de Biomedicina das Faculdades Pequeno Príncipe
4 Acadêmico do 5º período de Biomedicina das Faculdades Pequeno Príncipe
5 Mestranda em Biotecnologias em Saúde da Criança e do Adolescente, Biomédica pela FPP.
6 Doutoranda em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Sociologia pela UFPR. Docente de Sociologia e Antropologia das Faculdades Pequeno Príncipe

Texto completo em PDF