III Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades
article

III Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades, v.3, n.1, 2013.

A PASTORAL DA SAÚDE DA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA E SEUS DESAFIOS


Inez de Fátima de Oliveira 1
Waldir Souza 2

Este resumo faz parte do artigo “A Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Curitiba e seus Desafios”, com o objetivo de compreender o desenvolvimento e a atuação da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Curitiba em suas três dimensões: solidária, comunitária e político institucional. A metodologia aplicada foi a qualitativa, utilizando-se de técnicas de pesquisa: a) bibliográfica, com embasamento teórico a partir da Bíblia, de documentos do CELAM (Guia da Pastoral da Saúde do Celam, Documento de Aparecida ), alguns autores como: Baldessin, Pessini, Bertachini e outros; b) mapeamento, ao longo de toda a pesquisa, de todos os periódicos e documentos disponíveis; c) participação efetiva nos grupos e equipes que abordaram o assunto sobre a Pastoral da Saúde; d) participação em eventos que ocorreram em âmbito local e regional sobre o tema. Em síntese os resultados indicam que: A parábola do bom samaritano é considerada como o paradigma do agente da pastoral da saúde, já a parábola do paralítico serve de modelo para uma ação comunitária na qual o trabalho em equipe precisa ser planejado e organizado. Como modelo de intervenção contra a injustiça apresentamos o episódio em que Jesus expulsa os vendilhões do templo. O grande desafio da Pastoral da Saúde está na dimensão político-institucional, ela precisa alcançar todos os setores da sociedade para fortalecer a participação efetiva das entidades representativas na formulação, implantação e controle das políticas públicas de saúde, fazendo com que a lei do SUS seja cumprida.


Palavras-chave: Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Curitiba. Solidária. Comunitária. Político-Institucional.



1 Bacharel em Teologia pela PUC-PR. Assessora da Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Curitiba.
2 Doutor em Teologia pela PUC-Rio. Professor do PPGT em Teologia e do PPGB em Bioética da PUCPR de tópicos de teologia e bioética e questões fundamentais de teologia. Professor de antropologia teológica, bioética e teologia moral no Bacharelado em Teologia da PUCPR. Membro do Comitê de Ética e Pesquisa no Uso de Animais da PUCPR.

Texto completo em PDF