IV Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades
article

IV Jornada Interdisciplinar de Pesquisa em Teologia e Humanidades, v.2, n.2, 2013.

JUVENTUDE, FAMÍLIA E RELIGIOSIDADE: TECENDO DIÁLOGOS E PERSPECTIVAS NA CONTEMPORANEIDADE.


ANA PAULA SESTI BECKER
TÂNIA PAZAMAESTRI
SUELI TEREZINHA BOBATO

A adolescência é compreendida como um período de profundas transformações pessoais e relacionais entre jovens e seus familiares, tendo como principal característica o questionamento de crenças, regras e valores. Deste modo, emergem-se a busca de outros referenciais para a constituição da identidade pessoal fora da família, como parte do processo de individuação, frente ao mundo familiar e social. Neste sentido, o papel da religião e das práticas religiosas, assume uma importante referência no cotidiano do adolescente, uma vez que permite a ressignificação das suas relações e conflitos, repercutindo deste modo, no contexto familiar em que está inserido. Considerando tais pressupostos, esta pesquisa investigou o impacto que um movimento religioso exerce sobre a qualidade da relação entre pais e filhos adolescentes. O estudo caracterizou-se como de cunho qualitativo, utilizando-se para a coleta de dados a técnica de grupo focal com um grupo composto por seis adolescentes e outro com oito pais que possuem filhos adolescentes. Os dados foram analisados a partir da análise de conteúdo temática categorial. Os resultados evidenciaram que a aderência ao movimento religioso se constituiu como uma rede de apoio social e afetiva e possibilitou mudanças no subsistema familiar filial e conjugal, bem como nas práticas educativas e envolvimento parental.


Palavras-chave: Adolescência. Família. Religiosidade. Espiritualidade.





Texto completo em PDF