Archives of Oral Research
article

Archives of Oral Research, v.9, n.3, 2013.

Avaliação in vitro de cimentos ionoméricos indicados para restaurações atraumáticas após imersão em soluções simuladores de dieta


Olgert Schwab Junior 1
Patrícia Fanchin 2
Ana Paula Teitelbaum 3

Objetivo: Entre os materiais restauradores, os cimentos de ionômero de vidro (CIVs) são considerados menos resistentes aos desafios ácidos impostos pelo ambiente bucal. O objetivo deste estudo foi avaliar a ação de três diferentes soluções simuladoras de dieta em CIVs, verificando as alterações de massa e rugosidade superficial em diferentes períodos de armazenamento. Material e métodos: Foram testados um CIV de alta viscosidade (Vitro Molar – DFL) e um modificado por resina (Vitro Fil LC – DFL). Foram preparados 36 corpos de prova e mantidos em estufa a 37°C em saliva artificial por 24 horas. Após este período, foram realizados testes para determinação de massa e rugosidade superficial iniciais. Para o desafio ácido, os corpos de prova foram divididos aleatoriamente em grupos experimentais (n=12) e armazenados por 30 dias de acordo com a solução ácida, e os testes foram repetidos nos tempos de 7 e 30 dias. Os dados foram submetidos ao teste t de Student e ANOVA (α=5%). Resultados: Em relação à massa e rugosidade inicial, não houve diferença significativa entre os materiais estudados. Após o desafio ácido, ocorreu maior perda de massa do Vitro Molar em comparação ao Vitro Fil LC, mas não houve diferenças significativas entre os materiais após armazenados nas soluções. Os materiais se tornaram mais rugosos ao longo do tempo, com rugosidade mais acentuada para o Vitro Fil LC. Conclusão: Concluiu-se que a maior perda de massa ocorreu para o Vitro Molar e maior rugosidade para o Vitro Fil LC.


Palavras-chave: Erosão dentária. Desafio ácido. Cimentos de ionômero de vidro. Materiais dentários.


In vitro evaluation of glass ionomer cements suitable for atraumatic restorations after immersion in acidic beverages


Objective: Among the restorative materials, glass ionomer cements (CIVs) are considered less resistant to acid challenges imposed by oral environment. The objective of this study was to evaluate the action of three different solutions that simulate diet in CIVs, verifying the changes of mass and surface roughness at different storage periods. Material and methods: A high viscosity (Molar Vitro – DFL) and a resin-modified CIV (Fil LC Vitro – DFL) were evaluated. Thirty-six specimens were prepared and kept at 37°C in artificial saliva for 24 h. After this period, the specimens were tested in mass and surface roughness (baseline). For the acidic challenge, the specimens were randomly divided into experimental groups (n=12) and stored for 30 days according to the acid solution, and the tests were carried out after 7 and 30 days. The data was subjected to Student-t test and ANOVA (α=5%). Results: There was no statistically significant difference for initial mass and surface roughness between the two materials. After the acidic challenge, Vitro Molar lost significantly more mass than Vitro Fil LC, but there was no significant difference in the CIVs after the immersion in all the solutions. The materials showed increased roughness over time, with higher rates for Vitro Fil LC. Conclusion: It was concluded that the higher mass loss occurred for Vitro Molar and higher roughness for Vitro Fil LC.


Keywords: Dental erosion. Acidic challenge. Glass ionomer cements. Dental materials.

1 Aluno de graduação do curso de Odontologia, Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (Cescage), Ponta Grossa, PR, Brasil.
2 Professora de Odontologia do Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (Cescage), Ponta Grossa, PR, Brasil. E-mail: anapaulateitelbaum@hotmail.com
3 Professora de Odontologia do Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais (Cescage), Ponta Grossa, PR, Brasil. E-mail: anapaulateitelbaum@hotmail.com

Texto completo em PDF