Revista Diálogo Educacional
article

Revista Diálogo Educacional, v.4, n.10, 2003.

CONTRATO DIDÁTICO OU CONTRATO PEDAGÓGICO?


Neuza Bertoni Pinto 1

A discussão do conceito de contrato didático, eixo central do presente artigo, parte do pressuposto de que a pedagogia, enquanto ciência da educação, produz conhecimentos a partir dos significados dados, pelos sujeitos, aos diferentes contratos que perpassam a instituição educacional. Analisando o sentido estrito do termo, discute-se o conceito de contrato social de Rousseau em suas implicações para a educação, as características do contrato pedagógico de Parkhurst e Filoux, buscando-se, nessas tradições pedagógicas, convergências e divergências caracterizadoras do contrato como um anticontrato. Tal concepção fundamenta-se nas pesquisas de educadores franceses, realizadas no campo da Educação Matemática, especialmente Brousseau, que ao formular a Teoria das Situações Didáticas concebe o contrato didático como um elemento específico da Didática, portanto, diferente de contrato pedagógico. Ao distinguir relação didática da relação pedagógica, aponta elementos contraditórios, inerentes ao contrato didático, analisando a mobilidade/estabilidade estabelecidas entre professor, aluno e saber. O que identifica o conceito de contrato didático é sua capacidade de gerar rupturas incessantes no processo de construção de conhecimento.


Palavras-chave: Contrato social, Contrato pedagógico, Contrato didático.


Didactic contract or pedagogical contract?


The quarrel of the didactic concept of the contract, central axle of the current article, part of the estimate that the pedagogy, when science of the instruction, to produce the knowledge from the given meanings, for the citizens, to the different contracts that pass the distant one of the institution to the educational institution. Analyzing the strict direction of the term, the social contract concept of Rousseau in its implications for the education, the characteristics of the pedagogical contract of Parkhurst and Filoux is argued, searching, in these pedagogical traditions, convergences and characteristics divergences of the contract as a an contract. Such conception, is based on the research of French educators, carried through in the field of the Mathematical Education, especially Brousseau, that when formulating the Theory of the Didactic Situations, conceives the didactic contract as a specific element of the Didactics, therefore, different of pedagogical contract. When distinguishing didactic relation from the pedagogical relation, points contradictory, inherent elements to the didactic contract, analyzing mobility, stability, established between professor, pupil and knowing. What it identifies the didactic contract concept is its capacity to generate incessant ruptures in the process of construction of knowledge.


Keywords: Social contract, Pedagogical contract, Didactic contract.

1 Doutora em Educação. Professora da Área de Educação da PUCPR. Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Mestrado em Educação, Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho, Curitiba – PR, CEP 80215-901, e-mail: neuzard@uol.com.br

Texto completo em PDF