Revista de Filosofia Aurora
article

Revista de Filosofia Aurora, v.27, n.40, 2015.

Middleway Aesthetics: an aesthetical way to say nothing about aesthetics


Janyne Sattler 1

This is a very brief sketch on Wittgenstein’s “middle” writings about aesthetical appreciation and aesthetical attitude concerning the objects of art. Even if it takes the Tractarian conception of ‘aesthetics’ as a starting point, the paper is focused on Wittgenstein’s (second-hand) class-notes taken from his Lectures on Aesthetics and a very specific remark reported by Moore, brought from the Philosophical Occasions, where “reasons” for aesthetical persuasion and correction are said to be like those offered in “discussions in a court of law”. At the end, not much is left for aesthetical appreciation and for aestheticsitself but a certain kind of contextual, circumstantial “appeal to the judge”.


Palavras-chave: Aesthetics. Wittgenstein. Aesthetical appreciation. Lectures on Aesthetics.


Estética intermediária: uma forma estética para não dizer nada sobre a estética


Este é um breve esboço a respeito da apreciação estética e da atitude estética frente às obras de arte nos escritos “intermediários” de Wittgenstein. Mesmo que o ponto de partida seja a concepção tractariana de ‘estética’, o artigo está focado sobre as notas de aula de Wittgenstein (tomadas de segunda-mão) tais como elas aparecem em suas Lições sobre estética e sobre uma observação bastante específica relatada por Moore no Philosophical Occasions, onde as “razões” para a persuasão e a correção estética são vistas como similares àquelas oferecidas em “discussões em uma corte de justiça”. Ao final, não resta muito para a apreciação estética e para a estética enquanto tal, senão um certo “apelo” contextual e circunstancial “ao juíz”.


Keywords: Estética. Wittgenstein. Apreciação estética. Lições sobre estética.

1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brazil, e-mail: janynesattler@yahoo.com.br

Texto completo em PDF