Revista de Filosofia Aurora
article

Revista de Filosofia Aurora, v.22, n.31, 2010.

PESSOA, EXISTÊNCIA E FENOMENOLOGIA: notas sobre as concepções do personalismo de Emmanuel Mounier


Adão José Peixoto 1

O propósito deste artigo é discutir o personalismo de Emmanuel Mounier, especialmente suas concepções sobre pessoa e existência e sua relação com a fenomenologia. Mounier não escreveu sobre a fenomenologia e nem afi rmou a vinculação de seu pensamento a essa perspectiva filosófica. Entretanto, é possível perceber que sua fi losofi a foi fortemente influenciada pelas ideias fenomenológicas. O personalismo é uma fi losofi a que afi rma o valor da pessoa enquanto valor absoluto. O absoluto aqui é entendido enquanto fim que dá sentido a toda organização política e social. A existência humana é o ponto de partida e o postulado fundamental do personalismo. Isto significa que há, nessa perspectiva, uma prioridade da existência sobre a natureza humana, entendendo-se esta como um dado “ontológico defi nitivo”. Esta postura é uma exigência de reformulação epistemológica, que signifi ca, no interior do personalismo, a tentativa de elaboração de uma fenomenologia da existência, situada entre o objetivismo radical da ciência e o subjetivismo da metafísica.


Palavras-chave: Personalismo. Pessoa. Existência. Fenomenologia.


Person, existence and phenomenology: remarks on the conceptions of personalism of Emmanuel Mounier


This article aims to discuss the personalism of Emmanuel Mounier, especially his views on the person and existence, and its relation to phenomenology. Mounier does not refer to the infl uence of phenomenology on his thoughts. However, it is possible to notice that his philosophy was strongly infl uenced by phenomenological ideas. Personalism is a philosophy that says a person’s value as an absolute. The absolute here is understood as a purpose that gives meaning to all the political and social organization. Human existence is the starting point and fundamental postulate of personalism. This means that there is, therefore, a priority of the existence about the human nature, understanding this as an information “ontological defi nitive”. This position is a requirement of epistemological reformulation, which means, within personalism, the att empt to develop a phenomenology of existence, located between the radical objectivism of the science and subjectivism of metaphysics.


Keywords: Personalism. Person. Existence. Phenomenology.

1 Mestre em Filosofi a pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP), Doutor em Educação (USP), professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, GO - Brasil, e-mail: peixotoufg@hotmail.com

Texto completo em PDF