URBE - Revista Brasileira de Gestão Urbana
article

URBE - Revista Brasileira de Gestão Urbana, v.AOP, n.AOP, 2017.

Environmental damage and public health threat caused by cemeteries: a proposal of ideal cemeteries for the growing urban sprawl


Alcindo Neckel
Carlos Costa
Débora Nunes Mario
Clarice Elvira Saggin Sabadin
Eliane Thaines Bodah

Growing urban land development has led to a reduction in the space available for cemeteries and the juxtaposition of residential and cemeterial areas, further raising the polluting potential of the latter. The present case study sought to assess levels of physicochemical and microbiological contamination in the Central Cemetery of Marau (RS/Brazil), and propose vertical cemetery deployment as a way to reduce necroleachate-linked pollution impacts. The following information was collected from 43 additional rural cemeteries: number of tombs, graves, chapels, and small vertical constructions with drawers, state of conservation and cleanliness and total area and perimeter of the cemetery. Eighty professionals of environmentally sustainable urban planning from four countries (20 Brazilians, 20 American, 20 Portuguese and 20 Japanese) were interviewed regarding the ‘ideal cemetery’. Various risks of cemetery soil contamination were identified, particularly high amounts of heterotrophic microorganisms, especially fecal coliforms associated with burial sites. In order to avoid contamination risks to environment and population, the mplemention of a vertical model of cemetery is proposed.


Palavras-chave: Vertical cemetery. Geoprocessing. Contamination. Necroleachate.


Dano ambiental e ameaça à saúde pública por cemitérios: uma proposta de cemitério ideal diante da crescente expansão urbana


O crescente desenvolvimento territorial urbano tem ocasionado redução de espaços disponíveis para os cemitérios, provocando a justaposição de zonas residenciais e cemiteriais, o que agrava ainda mais o potencial poluidor destes. Este estudo de caso tem como objetivo avaliar os níveis de contaminação físico-química e microbiológica no Cemitério Central de Marau (RS/Brasil) e propor formas para reduzir os impactos de contaminação por necrochorume, por meio de implantação de cemitério vertical. De outros 43 cemitérios, situados em áreas rurais, foram coletadas informações como: número de túmulos, covas, capelas, pequenas construções verticais com gavetas, estado de manutenção e de limpeza, e área total do perímetro cemiterial. Oitenta profissionais da área de planejamento urbano e de meio ambiente de quatro países (20 brasileiros, 20 americanos, 20 portugueses e 20 japoneses) foram entrevistados e opinaram sobre a projeção de um cemitério ideal. Os resultados evidenciam vários riscos de contaminação do solo cemiterial, altas quantidades de microrganismos, principalmente coliformes fecais e totais, bactérias heterotróficas. A implementação de um modelo verticalizado de cemitério é proposta a fim de minimizar os impactos ambientais e evitar riscos de contaminação à população.


Keywords: Cemitério vertical. Geoprocessamento. Contaminação. Necrochorume.



Texto completo em PDF