URBE - Revista Brasileira de Gestão Urbana
article

URBE - Revista Brasileira de Gestão Urbana, v.AOP, n.AOP, 2017.

Avaliação do uso da primeira Via Calma em Curitiba/PR para ciclomobilidade


Ingrid Steil Ferraz
Nivaldo Simões Gomes
Fabio Fernando Kobs
Maclovia Correa da Silva
Eloy Fassi Casagrande Júnior

O tema deste artigo é a promoção da ciclomobilidade que aconteceu em Curitiba, no Estado do Paraná, com a implantação da primeira Via Calma da cidade, na Avenida Sete de Setembro. O problema norteador da pesquisa é o crescimento das cidades e os conflitos por espaços de qualidade para pedestres e para outros modos leves de deslocamento, como a bicicleta. O objetivo da pesquisa foi levantar os pontos de vista de usuários, concernentes ao atendimento da função dos diferentes tipos de modais da Via Calma e sua importância para a mobilidade na cidade. Os procedimentos metodológicos compreenderam uma avaliação com usuários que responderam a um questionário, com o uso da técnica de preferência declarada. Foram 90 respondentes captados por meio das redes sociais da internet. Os resultados do universo pesquisado apontaram que 29% já usavam a bicicleta como meio de transporte e que, dentre aqueles que não a utilizavam, 52% demonstraram o interesse em trocar o meio de transporte atualmente utilizado pela bicicleta. A relevância dos resultados da enquete indicou o lado positivo da iniciativa municipal de criar um espaço específico para a circulação de bicicletas. No entanto, os respondentes, que se apropriaram da ideia, manifestaram insegurança ao circular com os carros ao lado deles. Considerou-se válida essa primeira iniciativa da municipalidade para estimular a ciclomobilidade. Assim, a tendência é a apropriação da Via Calma por novos ciclistas.


Palavras-chave: Ciclomobilidade. Curitiba/PR. Via Calma. Faixa compartilhada. Preferência declarada.


Evaluation of the first Via Calma use in Curitiba-PR to cyclomobility


The theme of this article is to promote the cycle mobility that happened in the city of Curitiba-PR, with the implementation of the first Via Calma of the city on Sete de Setembro Avenue, downtown. The guiding research problem is the growth of cities and conflicts of quality spaces for walking and other light modes of travel, such as cycling. The objective of this research was to gather the views of users, in different modes of Via Calma, concerning the service function of the same and its importance to mobility in the city. The methodologicalprocedures include an evaluation with users who answered a questionnaire, using the stated preference survey technique. There were 90 respondents, obtained using social networks on Internet. The results of the group studied showed that 29% already use the bicycle as a form of transport and among those who do not use, 52%, have shown that there is interest in exchanging the form of transportation currently used for bicycle. The relevance of the survey results indicated the positive side of the municipal initiative to create a specific space for bicycle traffic. On the other hand, respondents, who have appropriated the ideas, expressed insecurity when cycling with the cars next to them. It was considered valid this first initiative of the municipality to stimulate cycle mobility and the tendency is the appropriation of the Via Calma for new cyclists.


Keywords: Cycle mobility. Curitiba/PR. Calm route. Shared lane. Stated preference.



Texto completo em PDF